13 de novembro de 2012 às 08h55min - Por Mário Flávio

Armando Monteiro quer excelência na gestão dos petebistas

O senador Armando Monteiro conversou com o blog a respeito do encontro do PTB realizado na cidade do Recife. Ele explicou a ideia de realizar o evento e garante que os objetivos foram alcançados. De acordo com o petebista, a meta é criar um padrão de gestão, para conseguir a excelência na gestão dos prefeitos e vices eleitos pelo PTB na eleição desse ano.

“Nós tivemos um seminário muito concorrido com a presença de todos os prefeitos eleitos pelo PTB, além de contar com a participação de outros companheiros que foram eleitos por outras legendas aliadas em Pernambuco. Foram 50 futuros gestores e avalio que os nossos objetivos foram amplamente conseguidos. Discutimos por quase toda manhã uma série de temas muito importantes, focamos a gestão pública na perspectiva dos órgãos de controle, os desafios na área de educação para 2013, sobretudo na visão daquilo que compete as prefeituras, foi um debate rico e tenho a certeza que alcançamos o nosso objetivo. O PTB dá esse apoio aos gestores porque temos a responsabilidade de atender as expectativas da população, sobretudo nas comunidades onde o PTB quer se associar a um padrão de gestão, que represente um bom exemplo, de como é possível no Brasil promover uma revolução a partir da gestão. A partir dos município buscar eficiência e garantir mais e melhores resultados sociais”, destacou.

Muitos analistas afirmam que a ideia da realização do encontro foi para fortalecer o nome de Armando numa futura disputa para governador, em 2014. De acordo com o senador, ainda é cedo para fazer esse tipo de afirmação. “São especulações, isso é natural, passa o pleito de 2012 e começam os debates sobre 2014, mas isso por parte dos analistas. Da nossa parte, esse encontro não tem essa motivação. O que queremos é dar um suporte aos trabalhos que os novos prefeitos farão. O partido não é e nem deve ser um mero acampamento eleitoral, tem que dar suporte e uma contribuição ao êxito dessas gestões, foi com esse propósito que fizemos esse encontro. Por isso, nada tem a ver com o calendário eleitoral. Eu tenho a responsabilidade de representar mais de três milhões de pernambucanos que me elegeram para o senado e minha meta é representar bem a essa missão. Quanto ao futuro, como diz o ditado: ‘A Deus pertence’. Vamos cuidar agora de 2013, o ano em que se inauguram essas gestões, por isso não cabe falar ainda de 2014”.

Sobre a aliação com o suplente de senador Douglas Cintra, o senador garantiu que a relação é das melhores e Caruaru só tende a ganhar. “Não temos apenas uma relação de suplente e senador. Temos uma amizade que remonta na área em que atuávamos na representação empresarial. Somos acima de tudo parceiros, estamos juntos e compartilhamos do mesmo ideal”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro