10 de fevereiro de 2013 às 13h55min - Por Mário Flávio

20130210-134452.jpg

O senador Armando Monteiro (PTB) também está prestigiando o Carnaval dos Papanguns. Ele foi questionado pelos jornalistas a respeito da eleição de Renan Calheiros (PMDB) para à presidência do senado e foi enfático. “Foi um equívoco do senado. Fico muito a vontade para falar sobre essa questão, já que desde o início fui contra a eleição de Renan. A bancada do PMDB, que é majoritária no Congresso, poderia ter evitado esse constrangimento para a Casa”, disse.

O petebista disse que espera que a Casa prime pela transparência, mesmo com a eleição de um político contestado pela opinião pública. Sobre a eleição de 2014, o senador teve um discurso semelhante ao do governador Eduardo Campos (PSB). “A política está em recesso, são quatro dias de férias e não posso nem falar sobre a eleição de 2014, já que o meu mandato de senador vai até 2018”, disse.

Este blogueiro questionou então se ele estaria abrindo mão de uma possível candidatura ao governo de Pernambuco na próxima eleição. “Isso é outra história que só tempo vai dizer”, despistou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro