14 de dezembro de 2013 às 17h55min - Por Mário Flávio

Os governadores estão gradualmente recuperando a popularidade perdida após os protestos, aponta pesquisa Ibope divulgada ontem. Dos 11 governantes avaliados pelo instituto em julho, só dois pioraram suas avaliações: Cid Gomes (PSB), do Ceará, e Jaques Wagner (PT), da Bahia. O pernambucano Eduardo Campos (PSB) manteve-se no mesmo patamar.

Em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) aumentou seu percentual de avaliação ótima ou boa de 26% para 31%. Até o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), um dos piores avaliados, recuperou-se de 12% para 18% de aprovação.

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), que se mantém no cargo por causa de uma liminar na Justiça, e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), receberam as piores avaliações. Ambos estão empatados tecnicamente no último lugar do ranking. Rosalba tem 7% de aprovação, e Agnelo, 9%.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro