13 de abril de 2017 às 19h50min - Por Mário Flávio

Nota Oficial

De posse do conteúdo audiovisual das delações vinculadas ao Inquérito 4.391 do Supremo Tribunal Federal, é necessário pontuar algumas questões:

1 – Os áudios e os vídeos dos delatores mostram uma dissociação em relação ao que me foi imputado e os fatos relatados. Com absoluta clareza, fui citado apenas em atividades inerentes à atuação parlamentar, como a marcação de uma audiência ou em “conversas” sobre temas que beneficiavam a minha região, Nordeste do Brasil;

2 – Cláudio Melo Filho foi claro ao afirmar que a minha relação com a empresa era puramente institucional, sem qualquer contrapartida, descaracterizando qualquer tipo de ilação a corrupção. Da mesma forma, João Antônio Pacífico Ferreira informa que desconhece qualquer atuação parlamentar minha a favor da empresa em questão;

3 – Por último, o sentimento é ainda de surpresa com as imputações que me foram feitas. Mas, diante do que está exposto, tenho convicção de que tudo ficará devidamente esclarecido.

Bruno Araújo

Ministro das Cidades


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro