28 de março de 2018 às 19h14min - Por Mário Flávio

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, concedeu prisão domiciliar ao ex-deputado federal Paulo Maluf, que se entregou à PF no dia 20 de dezembro e estava preso na Papuda.

A decisão gerou muita reclamação nas redes sociais. Essa é mais uma decisão polêmica do ministro indicado por Dilma Rousseff para assumir uma vaga na corte.

Em menos de uma semana, Dias Toffoli votou e tomou decisões a favor de Lula, Romero Jucá, Demóstenes Torres, Jorge Picciani e agora Paulo Maluf, que também mandou para prisão domiciliar.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro