22 de janeiro de 2013 às 10h55min - Por Mário Flávio

Do blog de Jaciara Fernandes

Que o Sistema Penitenciário do Brasil está superlotado, não é nenhuma novidade. O que pouca gente sabe é da realidade da Penitenciária Juiz Plácido de Sousa, em Caruaru. Construída para receber 95 homens, a unidade conta com 1.470 reeducandos. O mais incrível é que desse total, apenas 300 estariam cumprindo pena. Os demais são presos provisórios que são recambiados para a penitenciária pelos municípios da região que não têm cadeia pública.

Com isso, a população na unidade incha e se torna um barril de pólvora. Na tentativa de solucionar o problema, a juíza da Vara de Execuções Penais, Orleide Rozélia, visitou a unidade. Autoridade no assunto, ela aponta que só com a união da União e sociedade seria capaz de acabar com a superlotação nos presídios.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro