20 de agosto de 2013 às 14h25min - Por Mário Flávio

Secretária diz que existe boa vontade da prefeitura em atender aos médicos

A Secretária de Saúde, Aparecida Souza, recebeu, no início da noite desta última segunda-feira (19), representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (SIMEPE), com sede em Caruaru. Na pauta, insatisfações por parte do SIMEPE em relação à data de cumprimento de alguns itens do acordo, especialmente em relação à reabertura da UTI da Casa de Saúde Bom Jesus e segurança nas unidades de saúde.

De acordo com Aparecida, existe uma disposição da Prefeitura em cumprir o acordo firmado com os médicos e avalia o encontro com a classe positivamente. “Tivemos uma conversa muito franca. Colocamos as nossas dificuldades e eles compreenderam. A partir desse mês, já estaremos com o cronograma sendo executado como foi acordado.”, explicou.

INTERDIÇÃO – Os médicos não saíram tão satisfeitos como a secretária e ameaçam pedir interdição ética, caso as reivincações não sejam atendidas, como explica o diretor do Simepe, Danilo Souza. “Temos questões emergenciais para seren resolvidcas como a falta de seguranças nas unidades e os atrasos em salários. As pessoas entram e saem a vontade e já existem registros até de agressões aos médicos. A secretária pediu e ganhou um novo prazo, caso as reivindicações não sejam atendidas até o dia 30, vamos pedir interdição ética nas unidades de saúde do município. Isso não abrimos mão de forma alguma”, disse.

O sindicalista ainda citou outro grave problema. “Não existe prazo para a reabertura da UTI da Casa de Saúde Bom Jesus e isso gera um prejuízo muito grande para a sociedade”, pontuou. Na próxima segunda-feira os médicos irão se reunir numa assembleia para debater o encontro com Aparecida Souza.

Danilo Souza garante que se medidas não forem atendidas, médicos irão pedir a interdição

Danilo Souza garante que se medidas não forem atendidas, médicos irão pedir a interdição

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro