23 de julho de 2012 às 08h16min - Por Mário Flávio

O secretário estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira, inaugura hoje, as obras de reforma e ampliação do Hospital Regional do Agreste (HRA) e do Hospital Jesus Nazareno (HJN). Os centros de referência ganham novos setores após concluírem projetos de reestruturação desenvolvidos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Às 11h, o executivo faz uma visita ao Hospital Jesus Nazareno, referência para gestação de alto risco no Agreste pernambucano, onde inaugura a nova emergência obstétrica da unidade. O antigo ambulatório foi reestruturado e adaptado, ampliando para seis o número de leitos de observação e implementando a sala de classificação de risco. Também passaram por reestruturações, os consultórios ginecológicos, consultórios médicos, sala de ultrassom e posto de enfermagem. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 650 mil nas obras e compra de equipamentos.

“Com essa reforma, teremos condição de oferecer um atendimento humanizado e qualificado aos pacientes, melhorando as condições de segurança nos partos para as gestantes e para os bebês. Sem contar que podemos oferecer melhores condições de trabalho aos nossos profissionais”, explicou a diretora do Hospital Jesus Nazareno, Flora Raquel.

Em seguida, o secretário segue para o HRA – unidade que presta assistência de alta complexidade aos usuários do SUS residentes na Macrorregião Caruaru, composta por 87 municípios. O centro de referência duplicou a quantidade de leitos disponíveis na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), passando de 10 para 20 vagas. O bloco cirúrgico também foi ampliado e equipado, contando, agora, com oito salas de cirurgia (antes eram seis), e 12 leitos de recuperação pós-anestésica (antes eram apenas três).

Com a reforma, a unidade ganhou o Centro de Reabilitação Motora (fisioterapia), que começará a receber pacientes egressos do HRA vítimas de traumas causados por acidentes de trânsito. Nas obras, foram investidos cerca de R$ 3,2 milhões. Deste total, R$ 1,7 milhão foi destinado para ampliação e readequação dos espaços e R$ 1,5 milhão na compra de novos equipamentos.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro