15 de abril de 2020 às 06h57min - Por Mário Flávio

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, foi taxativo ao afirmar a gravidade da situação gerada pela pandemia de coronavírus, que só em Pernambuco, já ceifou a vida de 115 pessoas, segundo dados oficiais do próprio governo estadual.

“Acreditem na gravidade da situação. Não alimentem falsas expectativas ou falsas esperanças”, chegou a afirmar o secretário, em entrevista coletiva que pode ser conferida na íntegra no link https://youtu.be/e-7qAAGIvSQ . André Longo revelou que no momento da coletiva, a taxa de ocupação de leitos de UTI para casos confirmados e suspeitos de Covid-19 era de 88%, mas lembrou que mesmo com a abertura constante de novos leitos, esse número “tem variado entre 80 e 90%, às vezes superando os 90%.

O secretário alertou para o fato de que só o isolamento social, que, segundo ele, já teria conseguido salvar em torno de 200 vidas no Estado, pode amenizar os impactos do colapso no sistema de saúde, colapso este que foi e continua sendo observado até em países de Primeiro Mundo e que a falta de leitos de UTI pode, a curto prazo, atingir a qualquer um de nós, mesmo àqueles que possuem Planos de Saúde.

Apesar dos apelos do secretário, proliferam nas Redes Sociais imagens de aglomerações em vários municípios pernambucanos.

O Índice de Isolamento Social desenvolvido pela In Loco para auxiliar no combate à pandemia da COVID-19, mostra que oo percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento, em Pernambuco, em 12 de abril, era de 61,9% da população, atrás do Distrito Federal, Goiás, Amapá, Espírito Santo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, empatando com o Ceará.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro