André de Paula diz que será o senador do diálogo com a indústria Pernambucana

Mário Flávio - 15.09.2022 às 09:25h

O candidato ao Senado, André de Paula, teve mais uma oportunidade de conversar com os pernambucanos. Ele participou do ‘Diálogo da Indústria’, evento realizado pela Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) com o objetivo de conhecer os pleitos sobre o setor que serão defendidos pelos postulantes à Casa Alta.

A sabatina foi realizada individualmente e o candidato, convidado a discutir temas de grande relevância para o setor industrial, a exemplo das reformas tributária e administrativa, da retomada do crescimento da indústria brasileira, redução das tarifas de importação, incentivo à exportação e licenciamento ambiental.

André de Paula iniciou a participação agradecendo à Federação pela oportunidade, e aos convidados, pela presença. Detalhou a importância do Senado Federal para os estados brasileiros e apresentou um resumo dos seus quase 32 anos de trajetória política.

“Inaugurei a minha participação na vida pública como vereador do Recife, fui duas vezes deputado estadual e estou no sexto mandato de deputado federal. Fui secretário de Reforma Agrária e Produção Rural e secretário das Cidades. Contabilizo 22 anos de atuação em Brasília. Minhas vivências no Legislativo e Executivo me deram a experiência e o trânsito que tenho hoje”, destacou André.

“A vida inteira me preparei para viver este momento. No Senado, o meu principal compromisso é com o povo de Pernambuco. Seja qual for o presidente, vou dialogar para defender, de forma intransigente, os interesses do meu estado, e vou fazer isto com toda dedicação, porque Pernambuco não merece menos que isto. O grande desafio do Senado é recuperar a conexão com as ruas e mostrar às pessoas o que faz um senador. Eu quero fazer um mandato que tenha o povo do meu lado”, enfatizou André.

O candidato também defendeu a abertura de canais de diálogo para ouvir a indústria pernambucana no Senado e colocou o seu mandato à inteira disposição do setor. “O desenvolvimento de um estado passa por uma indústria forte e competitiva, que gere emprego e renda para a população. Estamos falando sobre um setor extremamente importante para o nosso país, responsável por 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, composto por mais de 12.500 empresas que empregam 275 mil pernambucanos. Essa é uma excelente oportunidade de firmar compromissos e de me posicionar em relação a matérias que são fundamentais para que esse setor possa avançar”, explicou André de Paula.