8 de dezembro de 2011 às 07h00min - Por Mário Flávio

Entre os projetos aprovados em segunda discussão na Assembleia Legislativa de Pernambuco, nessa quarta-feira (7), está o Programa Aluno Conectado, que define que tablets de propriedade do Estado sejam entregues a alunos dos segundo e terceiros anos do Ensino Médio da rede pública estadual, a partir de 2012.

Pelo que descreve o projeto, a entrega será realizada através de comodato. Após a conclusão do Ensino Médio, o aluno ganha a posse do equipamento, desde que não tenha sido reprovado e tenha cursado as três séries em escolas da rede pública.  A matéria ainda define que o jovem deve devolver o tablet, caso seja reprovado por mais de duas vezes consecutivas, se faltar aula por mais de 30 dias e caso não tenha realizado a matrícula.

Uma alteração para o projeto havia sido elaborada pelo deputado Tony Gel (DEM), mas foi rejeitada pela Comissão de Justiça, por ser considerada inconstitucional. Essa emenda contemplaria também alunos dos primeiro e segundo anos, sob a justificativa de estimular mais o aprendizado durante dos alunos. Um dos argumentos para derrubar essa proposta foi de Raimundo Pimentel (PSB), que lembrou que qualquer mudança no projeto original implicaria mais despesas para o Estado.

Alunos do 2º e 3º anos receberão os computadores


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro