24 de abril de 2013 às 14h49min - Por Mário Flávio

Por meio de nota, a prefeitura de Garanhuns informa que a distribuição de cana feita na cidade para minimizar os problemas com a seca sofreu alterações. Segundo a nota, a medida ocorre devido a problemas na trituração da cana. Segue a íntegra da nota:

“A Secretaria de Agricultura de Garanhuns informa aos produtores cadastrados no Programa de Distribuição de Cana do Governo do Estado, que a partir da próxima sexta feira (26), será distribuída somente a cana triturada para os produtores que forem retirar a quantia menor do que 300 kg.

A alteração na distribuição é necessária pelo fato de estar ocorrendo vários problemas no processo de trituração da cana. Entre elas:

a) presença de muito material no meio da cana, como capim braquiária, torrões de terra, pedaços de pau, entre outros, provocando embuchamento e quebra da forrageira;

b) formação de grandes filas em decorrência, principalmente, da lentidão no processo de trituração e um número excessivo de cana para triturar, chegando à média de 40 toneladas de cana por dia;

c) desperdício de cana, ficando, aproximadamente, 10% do volume triturado no chão.

Outra dificuldade encontrada é a lentidão na distribuição, fazendo com que pequenos produtores fiquem várias horas na fila, para pegar, por exemplo, dois sacos de cana triturada.

Nesse sentido, a Secretaria resolveu priorizar os pequenos produtores, haja vista, que os maiores produtores que pegam por volta de uma tonelada de cana triturada, têm condições de triturar sua própria cana. Além disso, a Secretaria de Agricultura esclarece que Garanhuns é o único dos nove municípios do Pólo local a entregar a cana triturada. Por fim, é solicitado que os produtores que forem receber mais de 300 kg de cana providenciem os carros para levar a cana inteira a partir da próxima sexta-feira”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro