4 de março de 2016 às 13h09min - Por Mário Flávio

Os advogados do ex-presidente Lula pediram nesta sexta-feira (04) à ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspenda as investigações sobre o apartamento tríplex no Guarujá e o sítio em Atibaia, até que o STF defina quem terá competência para julgar Lula: se o Ministério Público Federal ou o Ministério Público Estadual de São Paulo.

Para a defesa de Lula, há um conflito de atribuições entre os dois órgãos. Os advogados pediram ainda uma medida liminar suspendendo os procedimentos paralelos até que se decida a competência conforme a lei. A defesa afirma que a operação ocorreu antes de uma decisão sobre o pedido e disse que a Força Tarefa da Polícia Federal cometeu grave afronta à mais alta Corte do país. A ministra Rosa Weber ainda não se pronunciou.

A operação inclui buscas em Guarujá, Diadema, Santo André, Manduri e Atibaia. A casa do ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo e o Instituto Lula também são alvo da operação.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro