30 de julho de 2012 às 10h29min - Por Mário Flávio

O advogado da coligação Caruaru com a Força do Brasil, Luís Galindo, está sendo enfático em dizer que o pedido de impugnação feito contra o candidato à reeleição Zé Queiroz (PDT) feito pelo Democratas não tem respaldo jurídico. Ele já havia dito que o pedido não se enquadra nas hipóteses legais de impugnação, mas lembrou, durante participação na semana passada no programa Conteúdo, da Caruaru FM, também que não tem mais legitimidade para fazer isso durante o período eleitoral, porque compõe uma coligação e não poderia entrar com esse pedido na pessoa jurídica do partido, mas sim em nome da Caruaru em Boas Mãos.

“Nós esperamos um julgamento positivo do juiz Jefferson Félix, pois esse pedido de impugnação não se adéqua ao prefeito e é preciso ressaltar que foi o partido Democratas que entrou com o pedido de impugnação, e não poderia fazer isso em nome de sua pessoa jurídica, já que faz parte de uma coligação, dessa forma, o pedido não pode ser legitimado juridicamente”, explicou.

Esse mesmo argumento foi ressaltado anteriormente por uma das coordenadoras da campanha do prefeito, Louise Caroline (PT), no entanto o setor jurídico da  base de oposição prefere não discutir méritos utilizados pelas partes envolvidas no processo e que está esperando a decisão do juiz do registro de candidaturas, Jefferson Félix, que já está com o parecer do promotor eleitoral Keiller Toscano, que deu parecer favorável do Ministério Público pelo indeferimento do registro de candidatura de Zé Queiroz.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro