12 de junho de 2012 às 00h54min - Por Mário Flávio

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) elaborou o anteprojeto do Estatuto da Diversidade Sexual. O deputado Adalto Santos, do PSB, usou a Tribuna da Assembleia Legislativa para afirmar, nesta segunda (11), que a proposta pode levar o País à decadência moral.

O documento prevê a cirurgia de troca de sexo, custeada pelo SUS. O parlamentar questionou a prioridade da ação, argumentando que pacientes com câncer enfrentam dificuldades para tratar a doença. Na opinião de Adalto, o segmento LGBT constitui uma minoria na sociedade, e pretende modificar a vida de toda a população. O parlamentar ainda ressaltou que espera a rejeição do Estatuto, que está em tramitação no Congresso Nacional.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro