11 de janeiro de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

20130111-162356.jpg

Está programada uma reunião cultural que inicia o projeto “Discutindo políticas públicas culturais – o caminho ao caminhar”, para ser realizado no dia 18 de janeiro, na sede da da Academia de Ciências e Letras de Caruaru. Para um dos articuladores do projeto, Hérlon Cavalcanti (PT), esta é uma oportunidade para discutir a importância de um sistema nacional de cultura, que viabilize recursos na área para municípios brasileiros.

“A ideia é trazer a discussão desse encontro como meio de alternatividade para todos os representantes, agentes culturais, profissionais de educação e cultura, para participar desse bate papo cultural envolvendo o governo do estado e as suas ações realizadas no agreste central, como meio de desenvolvimento cultural e sustentabilidade através dos programas e editais abertos e realizados. O outro eixo da palestra é trazer um responsável pelas politicas publicas de cultura do governo federal, através do Ministério da Cultura. Eles dois vão falar, responder perguntas do publico em geral e socializar as ideias para que os participantes da noite (público alvo) possam sair dali com a clareza que existem meios e condições de capitação de recursos e condições de sobrevivência cultural através do produto cultural que cada artista desenvolve. A implantação do sistema nacional de cultura é a chave que abre a porta de cada município conseguir recursos e meios para que tudo isso aconteça de fato”, explicou Hérlon, que é membro da ACACCIL.

Os temas escolhidos para a pauta do encontro foram: Sistema Nacional de Cultura e os seus benefícios para os municípios; Politicas Públicas de Cultura e os avanços da SECULT-FUNDARPE no governo de Pernambuco; e Economia Criativa – Sua produção e seus desafios Coordenador do Programa na Secult-FUNDARPE.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro