5 de abril de 2017 às 07h19min - Por Mário Flávio

Paulo Câmara

Tarimbado profissional de comunicação, o jornalista Evaldo Costa assumiu há 60 dias o comando do marketing do governo Paulo Câmara. Chegou numa hora adversa porque a crise na segurança pública, aliada à crise geral que aflige o país, derrubou a popularidade do governador.

Mas não se intimida. Nem crê em pesquisas que apontam o governo no fundo do poço nem tampouco em marketing artificial. E, com a experiência de quem assessorou Miguel Arraes e Eduardo Campos, está convencido de que Paulo Câmara chegará ao final do seu mandato reconhecido como um bom governador. Sua confiança decorre de três fatos.

Primeiro, a capacidade que Câmara teve de manter as contas do governo equilibradas no momento em que estados até mais ricos do que Pernambuco foram à falência. Segundo, as correções de rumo na área de segurança darão resultados na hora oportuna. Por fim, a serenidade com que o governador enfrenta os problemas do Estado, o que faz com a população o veja como uma pessoa do bem.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro