2 de janeiro de 2012 às 10h44min - Por Mário Flávio

Se as palavras do deputado federal Wolney Queiroz (PDT) puderem ser generalizadas como as expectativas da Frente Popular de Caruaru, significa que a situação considera a oposição sem rumo em 2012. Isso porque o pedetista declarou que a oposição mal estar conseguindo se manter unida e não desenvolverá uma estrutura de campanha consistente. Ele cita que mesmo que haja união entre PSDB e DEM, a base governista terá vantagem sobre os adversários.

“A oposição já está fragmentada. Independente de haver união entre DEM e PSDB em Caruaru, e eu não acredito que haverá, os membros desses partidos estão muito fragilizados em nível nacional, estadual e municipal. A oposição perdeu o discurso, está sem aderência popular, está desmobilizada, está desmotivada, isso porque está em curso o movimento transformados dos três níveis de governo, que tem atendido as demandas da opinião pública”, criticou Wolney.

Até agora, para a campanha de 2012, o Democratas de Caruaru reuniu em uma mesma base o PMDB, o PPS e o PMN. O impasse continua com os tucanos, já que o vereador Diogo Cantarelli está empolgado em lançar sua candidatura e conta inclusive com apoios de lideranças estaduais e nacionais, como Daniel Coelho, Bruno Araújo e Sérgio Guerra.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro