21 de outubro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

20131020-184050.jpg

No dia 5 de outubro o vereador Dr. Demóstenes anunciou a este blogueiro que estava deixando o PSD para se filiar ao PTB. No mesmo dia a assessoria do senador Armando Monteiro enviou nota comemorando a ida do médico para o PTB, dando destaque a votação dele no último pleito para vereador, quando obteve mais de cinco mil votos para a Câmara. A filiação ocorreu no prazo limite para quem pretende disputar o mandato no ano que vem, como determina a Legislação Eleitoral.

No dia 7 de outubro, o vereador esteve no programa Conteúdo, não apenas ratificou a ida para o PTB, mas que o governador Eduardo Campos (PSB), iria ter oposição em Caruaru. Mas curiosamente o ex-líder do governo na Câmara, segundo o TSE não está filiado ao PTB, mas ao recém-criado PROS. Como o vereador fez pose ao lado do senador e pré-candidato ao governo de Pernambuco, se não estava filiado ao PTB? Por qual motivo ele concedeu entrevistas a vários jornalistas com a confirmação que estava no PTB?

A informação que ele teria ido para o PROS só ganhou destaque após o suplente do PSD, vereador Alecrim (PSD), ter informado que poderia ir à justiça pedir o mandato. A nossa equipe tentou entrar em contato com Demóstenes Veras, mas segundo a assessoria de imprensa da Câmara, o mesmo está de licença médica. Abaixo a confirmação da filiação de Demóstenes ao PROS.

20131020-184153.jpg


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro