7 de agosto de 2017 às 07h11min - Por Mário Flávio

zé

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse à “Folha de Pernambuco” deste final de semana que o ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz, é o principal “ativo” do partido em Pernambuco para 2018, devendo disputar o Governo do Estado ou uma das vagas no Senado.

Lupi admite na entrevista que o PDT está se reaproximando do PSB no plano nacional porque os socialistas se afastaram do governo Michel Temer. E que isto pode resultar numa aliança para 2018.

Ele lembra que os dois partidos já estão juntos no Rio Grande do Sul apoiando o ex-deputado Beto Albuquerque para senador, no Espírito Santo apoiando o ex-governador Renato Casagrande e em Brasília apoiando o governo de Rodrigo Rollemberg (PSB).

Lupi declarou também que não vê o senador Armando Monteiro (PTB) motivado para disputar o governo de Pernambuco no próximo ano, e sim a reeleição. “Isto é uma avaliação minha, ele não colocou explicitamente isto”, ressalvou.

Disse por fim que a candidatura do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República é “irreversível”, independente de o ex-presidente Lula estar ou não no páreo.

Em 2014, o PDT pernambucano se coligou com o PTB nas eleições estaduais e indicou o então deputado federal Paulo Rubem Santiago (hoje no PSOL) para disputar a vaga de vice.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro