21 de junho de 2017 às 09h27min - Por Mário Flávio

grande_1

Do G1 Caruaru

O cantor e compositor caruaruense Valdir Santos é finalista da 28ª edição do Prêmio da Música Brasileira. O pernambucano concorre com o “Celebração” na categoria Melhor Álbum Regional. “Cabaça d’água”, do brasiliense Alberto Salgado e “Vivo! Revivo!”, do também pernambucano Alceu Valença, são os outros finalistas.

Para o “Moleque da Rua Preta”, chegar na decisão premia um trabalho feito com muito amor e dedicação. “Quando eu vi a Regina Casé anunciando como finalista eu me emocionei demais. Não é só o trabalho de Valdir Santos. O coletivo foi indicado, o álbum. Foi um disco que fizemos com muito trabalho e muito carinho para celebrar, reunimos muita gente”, afirma o artista.

“Foi o primeiro disco que os meninos que trabalham comigo hoje gravaram. Minha felicidade é imensa. Não é só a música de Valdir, é a música do País de Caruaru. É o respeito a tudo isso. E em meio a tanta polêmica de sertanejo e forró no São João, esse prêmio seria uma coroação aos nossos trinta anos de forró”, comemora Valdir.

O álbum “Celebração” tem participações de artistas como Xangai, Petrúcio Amorim, Pecinho, Azulão e Azulinho, Maciel Melo, Heleno dos 8 Baixos, Joanatan Richard, Junio Barreto, Almério, Pablo Patriota, Pedro Luís, Ivison, Ortinho e Dja Vasconcelos.

A cerimônia de premiação será dia 19 de julho de 2017, às 21h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A edição deste ano homenageia o cantor e ator Ney Matogrosso, e será apresentada pela atriz Maitê Proença e pela cantora Zélia Duncan.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro