2 de agosto de 2012 às 17h35min - Por Mário Flávio

Pedro Corrêa é ex-deputado federal e lançou sua filha candidata a vice em Brejo da Madre de Deus

Entre os réus que estão sendo julgados pelo esquema do Mensalão, há um pernambucano, o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP). Ele é acusado de por corrupção passiva, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Pedro integra a lista dos 38 que julgados nesta quinta (02) pelo Supremo Tribunal Federal.

No contexto

Supremo analisa prerrogativa de julgamento do Mensalão

De acordo com informações repassadas pelo advogado do ex-deputado, a defesa dele consiste principalmente em alegar que o Mensalão não existiu ou que o dinheiro sacado serviu para pagamento de apoio político ou honorários advocatícios. Em 2006, Pedro teve o mandato cassado por falta de decoro parlamentar, quando autorizou o ex-assessor do PP, João Claudio Genu, a sacar R$ 700 mil da conta de outro réu do mensalão, o publicitário Marcos Valério.

Ele também é conhecido e exerce fluência na região Agreste de Pernambuco. Nas eleições municipais deste ano, Pedro lançou uma de suas filhas, Clarice Corrêa (PP), como candidata a vice-prefeita em Brejo da Madre de Deus, compondo a chapa do atual prefeito e candidato à reeleição, Edson Souza (PTB).

 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro