4 de janeiro de 2013 às 15h55min - Por Mário Flávio

Representantes da União de Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC) programaram para a noite desta sexta-feira (04), às 18h, a realização de uma plenária com outras entidades estudantis e representantes da sociedade civil para estudar a possibilidade de aumento nas passagens de ônibus de Caruaru. Segundo o presidente da UESC, Gleison Rodrigues, a ideia é mobilizar as entidades caruaruenses para protestar contra o aumento, cobrar melhorias para o serviço de transporte público e defender o passe livre para estudantes. Isso embora não se tenha confirmado que haverá de fato reajuste. O encontro será realizado na própria sede da UESC, no bairro Divinopolis, próximo ao colégio Antenor Simões.

“O ideal seria que não houvesse o aumento. A proposta inicial seria de aumento de 13% no preço das passagens e consideramos isso um acréscimo abusivo. Os donos de empresas de ônibus já estão com os bolsos cheios de dinheiro. Isso é um assalto aos estudantes e pobres trabalhadores que apenas tiveram um reajuste salarial menor do que a inflação. Por isso, a Uesc convoca todos a participarem da plenária mobilização para juntos barrarmos este abuso e lutarmos pelo direito a um transporte público, gratuito e de qualidade”, explicou Gleison, que utilizou também o exemplo da implantação do passe livre para estudantes, como uma alternativa para tornar mais acessível o acesso ao serviços de transporte público.

“Acompanhamos as manifestações de João Pessoa, por exemplo, contra o aumento das passagens de ônibus e em favor da implantação do passe livre para todos os estudantes. Algumas cidades já adotaram o passe livre para estudantes, o que garante um acesso mais democrático ao serviço de transporte público e pretendemos lutar por isso aqui também. A plenária terá justamente o objetivo de colocar em pauta essas alternativas”, completou.

Enquanto isso, na Região Metropolitana de Recife, o aumento do preço das passagens de ônibus foi firmado em 5,53%, na manhã desta sexta, depois de decisão do Conselho Superior de Transporte Metropolitano decidiu. A Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) deve publicar no Diário Oficial de sábado (5) os valores arredondados das tarifas, que começam a valer no domingo (6). A votação aconteceu no Grande Recife Consórcio de Transporte, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife. O reajuste seguiu o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), embora o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) tivesse proposto inicialmente um aumento de 13%.

Por falar em transporte público, abaixo segue um vídeo amador gravado em meados de 2012, que mostra ônibus lotado de estudantes universitários da UFPE no município, que reflete uma das principais reclamações atuais dos estudantes, que é a demora dos ônibus no sentido cidade-campus.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro