Três projetos do Poder Executivo são aprovados após reunião conjunta das comissões, em Caruaru

Lucas Medeiros - 04.05.2023 às 21:10h
(Imagem: Vladimir Barreto)

Os vereadores se reuniram na manhã desta quinta-feira (04) para analisar e aprovar três projetos de lei de autoria do Poder Executivo. As proposituras visam a criação de novos cargos para auxiliar de educação, para atendimento nas secretarias de Planejamento, Fazenda e Ordem Pública, e para contadores na prefeitura. Membros das Comissões de Legislação e Redação de Leis; de Educação, Cultura e Esportes; de Finanças e Orçamentos e de Ética Parlamentar estiveram presentes para analisar essas e mais 18 matérias.

O Projeto de Lei n° 9.556/2023 pretende criar concurso público com 131 novas vagas para auxiliares da educação prestarem apoio aos alunos com deficiência matriculados nas escolas municipais de Caruaru. Enquanto que o Projeto de Lei n° 9.555/2023 também objetiva a criação de um concurso público para o acréscimo de cinco novos contadores na administração pública do município. Já o Projeto de Lei n° 9.557/2023 visa criar 45 cargos para melhorar o atendimento nas secretarias de Planejamento, Fazenda e Ordem Pública de Caruaru. As três matérias foram apresentadas e aprovadas por unanimidade pelos membros das comissões responsáveis.

Sete Projetos de Decreto, que concede honrarias, de autoria dos vereadores Bruno Lambreta (PSDB), Jorge Quintino (Solidariedade), Lula Torrês (PSDB), Anderson Correia (PP) e Perpétua Dantas (Rede) também receberam parecer favorável. As proposituras seguem para serem votadas em Sessão Ordinária.

Feira da Sulanca

Logo após a reunião conjunta, os membros da Comissão Especial sobre a Feira da Sulanca se reuniram para realizar o 1° encontro que trata do tema. O Presidente da Comissão, Lula Torrês, o relator do projeto, Cabo Cardoso (PP) e os demais parlamentares membros da Comissão, Val Lima (União), Irmão Ronaldo (PROS) e Wagner do Santa Rosa (Republicanos), compuseram o encontro. O objetivo da comissão é coletar dados e mapear os problemas enfrentados pelos vendedores e compradores da Feira da Sulanca, a fim de criar um relatório que será enviado para o Poder Executivo tomar as devidas providências.