TRE-PE decide que militância de Marília Arraes não pode usar camisas de Lula até o fim da campanha

Lucas Medeiros - 08.09.2022 às 15:15h
(Imagem: Reprodução/ Internet)

O Desembargador Eleitoral Auxiliar, Rogério Fialho, decidiu procedente a ação da ‘Frente Popular’ que pediu a proibição da militância a candidata ao governo Marília Arraes (Solidariedade) em usar camisas com o número do Partido dos Trabalhadores (PT). A decisão deve valer até o final da campanha.

A militância da candidata Marília Arraes foi flagrada em diversos pontos da região metropolitana do Recife usando camisas em alusão ao petista. No documento, veja abaixo, o Desembargador ainda afirmou que, em caso de descumprimento, haverá multa diária de R$ 3.000,00 (três mil reais) por dia de descumprido.

Veja o Processo