5 de junho de 2012 às 08h45min - Por Mário Flávio

Representantes das classes ligadas à Segurança Pública de Pernambuco, se reuniram na sede do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol/PE) e oficializaram a criação do Pacto pela Valorização dos Trabalhadores da Segurança, um Fórum permanente de discussão sobre o Programa Pacto pela Vida, com foco na falta de condições de trabalho, baixa remuneração, falta de efetivo, excesso de carga horária, pressão para atingir metas, falta de equipamentos de proteção, cumprimento de formalidades ilegais e outros problemas em comum, enfrentados pelos operadores da Segurança no Estado.

Entre as primeiras ações do grupo, foi agendado um protesto geral para o próximo dia 11 de JULHO, às 15h, em frente ao Movimento Tortura Nunca Mais, na Rua da Aurora, no bairro da Boa Vista. Na reunião, foi firmado o compromisso de traçar ações conjuntas em defesa dos direitos e pela valorização profissional de todas as categorias de operadores da Segurança, inseridas no Pacto pela Vida. O grupo irá se reunir todas as segundas-feiras e dá início hoje a mobilização para o grande ato, em conjunto, de protesto dia 11 de JULHO.

Participam do Pacto pela Valorização: Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol/PE), Associação de Peritos Papiloscópicos (Asppape), União dos Escrivães de Polícia (Uneppe), Associação Pernambucana de Medicina e Odontologia Legal (Apemol), Associação de Comissários de Polícia (Acomp/PE), Associação da Polícia Científica (Apoc/PE), Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciários de Pernambuco (Sindaspe), Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS-PE), Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Asspe), e Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário de Pernambuco (Aspepe).


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro