notícias

Tony Gel e Neguinho Teixeira condenados por aumentarem os próprios salários
29 de julho de 2013 às 09:29h
Tony Gel e Neguinho Teixeira condenados por aumentarem os próprios salários

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Caruaru, José Fernando dos Santos Souza, condenou os ex-prefeitos Tony Gel (DEM) e Neguinho Teixeira (sem partido) por aumentarem os próprios vencimentos quando estavam à frente do Executivo municipal, em 2008. O magistrado também determinou a suspensão dos direitos políticos de ambos por cinco anos e […]

Mensaleiros devem ser presos até julho, diz Barbosa
2 de março de 2013 às 10:25h
Mensaleiros devem ser presos até julho, diz Barbosa

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou que a prisão dos 25 condenados do mensalão deve ocorrer até o dia 1.° julho deste ano, mas reconheceu que, por falhas do sistema penal, que classifica de “frouxo”, boa parte dos condenados deve ficar na cadeia pouco mais de dois anos. “Eu espero que […]

Segundo cientista política, julgamento do Mensalão se tornou um espetáculo midiático
14 de novembro de 2012 às 13:55h
Segundo cientista política, julgamento do Mensalão se tornou um espetáculo midiático

A cientista política Perpétua Dantas fez uma análise ao programa Conteúdo, na Caruaru FM, sobre o julgamento do Mensalão no STF e ressaltou que houve uma atenção especial ao caso, o que levou a uma midiatização do processo como não se observou em outras situações. Ela não minimizou o peso do julgamento, já que se […]

Sanharó – MPPE consegue condenação de ex-prefeito por peculato e estelionato
19 de setembro de 2012 às 15:33h
Sanharó – MPPE consegue condenação de ex-prefeito por peculato e estelionato

ASCOM MPPE e Rádio Liberdade O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito do município de Sanharó, Rannieri Aquino de Freitas, pelos crimes de peculato, estelionato cometido em detrimento de entidade de direito público e falsidade ideológica em documento público, praticada por funcionário público prevalecendo-se do cargo (arts.312, 171 e […]