21 de abril de 2014 às 20h55min - Por Mário Flávio

20140421-205407.jpg

Começa a partir de 9h o processo de ouvida na Comissão de Ética da Câmara de Caruaru dos dez vereadores indiciados pela Operação Ponto Final. Eles são acusados de cobrar propina para votar a favor de projetos enviados pelo prefeito José Queiroz (PDT). O primeiro a ser ouvido será Sivaldo Oliveira (PP). A expectativa é que a ouvida seja tensa, já que o próprio Sivaldo citou ser vítima de uma arapuca por não ir de acordo com algumas ações do Executivo. Oliveira é um crítico ferrenho do presidente da Comissão de Ética, Ricardo Liberato (PSC).

Além do presidente, a Comissão de Ética da Câmara de Caruaru é composta pelo relator Marcelo Gomes (PSB), o secretário Rozael do Divinópolis (PROS) e os vereadores Demóstenes Veras (PROS) e José Ailton (PDT). Até o fim desse mês os demais vereadores indiciados serão ouvidos e a Comissão vai emitir um relatório pedindo ou não a cassação de todos.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro