SINPOL quer que Raquel invista R$ 1 bilhão na Segurança Pública para melhorar condições de trabalho dos Policiais Civis de Pernambuco

Mário Flávio - 04.05.2023 às 16:12h

Na última quarta-feira (03) o pedido do Estado à Assembleia Legislativa para autorizar um empréstimo de R$ 3,4 bilhões, foi aprovado pelo plenário da Casa Joaquim Nabuco. Desse montante, a Governadora, Raquel Lyra prometeu destinar R$ 1 bilhão para a Segurança Pública do estado. Essa medida vem em resposta a uma demanda urgente por mais investimentos em segurança, contratação de pessoal e valorização desses profissionais, uma vez que a violência tem sido um problema crescente. É crucial que esse dinheiro comece a ser investido na segurança pública o mais rápido possível, para melhorar as condições de trabalho dos policiais e fornecer-lhes os recursos necessários para combater a criminalidade.

Os Policiais precisam de condições adequadas para fazer seu trabalho com excelência. Com o investimento prometido pela Governadora e a valorização desses profissionais, o SINPOL-PE espera que os Policiais Civis de Pernambuco possam ter acesso a melhores equipamentos, treinamento e suporte logístico. Isso irá permitir que a categoria exerça suas funções com mais eficiência e segurança, proporcionando maior tranquilidade à população.

“É importante destacar que os Policiais Civis de Pernambuco são uma mão de obra altamente qualificada, que precisa ser valorizada e reconhecida pelo seu trabalho duro e dedicação. Infelizmente, durante o governo anterior, esses profissionais foram massacrados e tiveram suas condições de trabalho drasticamente reduzidas”, aponta o presidente do SINPOL-PE, Rafael Cavalcanti.

Agora, com a promessa de investimento na segurança pública, espera-se que a atual gestão possa reverter essa situação e fornecer um tratamento justo e adequado aos Policiais Civis. No entanto, o Governo Raquel Lyra ainda não atendeu o Sindicato dos Policiais Civis, o que nos deixa extremamente preocupados se de fato nós estamos lidando com um Governo que dará um tratamento diferente à Segurança Pública, em relação ao governo anterior.

“Ainda há preocupações em relação à promessa da Governadora, consignada em uma carta compromisso assinada no Sindicato enquanto ela era pré-candidata, de como será o tratamento dado à categoria do Policial Civil. É fundamental que o governo cumpra suas promessas e trate com respeito, justiça e valorização os profissionais da segurança pública, para que assim, possamos avançar na luta contra a violência e melhorar a qualidade dos serviços prestados à população e consequentemente, a da vida da população pernambucana” enfatiza Rafael Cavalcanti.