9 de fevereiro de 2012 às 09h28min - Por Mário Flávio

Da Central de Jornalismo Liberdade

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco está desenvolvendo campanha na tentativa de conseguir melhorias nos hospitais públicos estaduais em Caruaru, no Agreste pernambucano. Nesta semana um documento relatando a preocupante situação na maternidade Jesus Nazareno, o conhecido hospital da Fusam, será entregue ao Ministério Público.

O documento é resultado de reunião dos profissionais médicos que atuam na unidade e que também contempla o Hospital Regional do Agreste. “Existe um sucateamento dos hospitais estaduais, por isso há uma necessidade urgente de uma ação do Ministério Público para averiguar que existe a falta de médicos, com a realização urgente de um concurso público. Existe uma carência enorme de obstetra e pediatra, conforme presenciamos em uma de nossas visitas”, informou o diretor regional do Simepe, Danilo Souza.

O que mais incomoda a categoria é a falta de explicação da secretaria estadual de Saúde por não explicar os motivos para a contratação de médicos ou mesmo a justificativa para concurso público. “Nós queremos saber o porquê deste tratamento discriminatório para a falta de estrutura desses hospitais? Nós estamos com medo da questão da privatização da saúde em nosso Estado” indagou.

A Fusam já foi hospital referência no Estado conquistando até o prêmio do UNICEF como hospital “Amigo da Criança”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro