6 de fevereiro de 2014 às 12h16min - Por Mário Flávio

O deputado Sérgio Leite (PT) apresentou os novos rumos da Oposição na Assembleia, a partir da escolha do seu nome para líder da bancada. O grupo é composto por deputados do PT, PTB, PMN, Democratas, além de três parlamentares do PSDB. Segundo Leite, alguns partidos perceberam a ingratidão com que Eduardo Campos vem tratando o ex-presidente Lula. Para o deputado, o Estado não teria se tornado o que é sem os investimentos impulsionados pela União.

O parlamentar destacou que a presidente Dilma Rousseff tem continuado com o mesmo compromisso e o governador deveria ser grato a esse apoio. De acordo com Sérgio Leite, a bancada pretende ser propositiva e ouvir as queixas da população, mostrando que algumas ações anunciadas pelo Executivo não passam de estratégia de marketing.

O deputado salientou que o Estado continua com muitos problemas e a Oposição vai apresentar falhas e buscar soluções. O parlamentar também parabenizou os deputados do PSDB que se mantiveram independentes. O vice-líder da Oposição, Augusto César, e os deputados Adalberto Cavalcanti e Júlio Cavalcanti, todos do PTB, afirmaram que o grupo pretende mostrar que muitas ações prometidas pelo Governo do Estado ainda não saíram do papel.

Os petistas Manoel Santos,Teresa Leitão e Odacy Amorim lembraram que a bancada acredita numa oposição responsável e no debate político de qualidade. Daniel Coelho e Antônio Moraes, ambos do PSDB, além de Maviael Cavalcanti, do Democratas, ressaltaram que os rearranjos políticos são naturais no processo democrático, e que a Casa está preparada para travar boas discussões.

Já André Campos, do PSB, cobrou coerência de Sérgio Leite. Ele afirmou que o novo líder da Oposição passou os últimos sete anos apoiando o Governo do Estado e, agora, muda de lado.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro