9 de fevereiro de 2021 às 12h33min - Por Mário Flávio

A Prefeitura do Recife anunciou, nesta terça-feira (09), o Auxílio Municipal Emergencial (AME) para o setor cultural.

O auxílio emergencial será pago pela Prefeitura do Recife com apoio da iniciativa privada. A Ambev, patrocinadora master dos ciclos festivos da cidade, fará um aporte de R$ 1,5 milhão.

Ao todo, segundo a Prefeitura do Recife, serão distribuídos mais de R$ 4 milhões para agremiações e atrações que se apresentaram na programação do Carnaval 2020.

Cerca de 160 agremiações e 900 atrações artísticas, entre cantores, bandas e orquestras, estão aptas a receber o benefício, totalizando mais de 27 mil pessoas. Todos precisam estar sediados no Recife e devem necessariamente ter integrado a programação oficial do Carnaval 2020, promovida pela Fundação de Cultura Cidade do Recife, de acordo com a Prefeitura.

O AME equivale a 50% do valor unitário de cachê, para atrações artísticas, ou de subvenção, para agremiações, tendo por base o Carnaval de 2020, respeitando um teto de R$ 10 mil para cada pagamento. Nenhuma contrapartida obrigatória será exigida aos contemplados pelos recursos.

O Projeto de Lei (PL) que cria o Auxílio Municipal Emergencial (AME – Carnaval do Recife) será assinado nesta terça-feira (9), Dia do Frevo, pelo prefeito João Campos e segue para votação na Câmara dos Vereadores.

O projeto deverá ser aprovado no Legislativo. O calendário de pagamentos será formalizado após a sanção da proposta.

O prefeito João Campos também anunciou a suspensão do ponto facultativo do Carnaval na cidade, seguindo a medida anunciada pelo Governo de Pernambuco na semana passada. Com isso, haverá expediente normal no serviço público municipal na próxima semana.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro