10 de junho de 2013 às 13h25min - Por Mário Flávio

Ricardo Liberato

Crédito da Foto: Vladimir Barreto/ Ascom Câmara

Vice-líder da base do governo na Câmara de Caruaru, Ricardo Liberato (PSC) está depositando as fichas em uma futura candidatura a deputado estadual do irmão dele, Roberto Liberato, também pelo PSC. O vereador acredita que os Liberato tem respaldo de serviços prestados à população na política. Vale lembrar que Roberto já foi candidato a vice-prefeito de Tony Gel (DEM), na chapa que venceu a eleição municipal em 2004. No entanto, ele preferiu continuar seu mandato de deputado estadual e não assumiu como vice. Depois, saiu candidato a deputado federal pelo DEM em 2006, atingindo mais de 77 mil votos; mas não se elegeu devido à legenda. Ele foi ainda deputado estadual em três mandatos e vereador.

Nas eleições de 2014, o contexto seria outro: Roberto dando apoio a uma futura campanha de reeleição do deputado federal Wolney Queiroz, filho do atual prefeito Zé Queiroz, ambos do PDT. “Não só acredito, como vejo uma amplitude muito grande, porque o universo eleitoral de Caruaru é exemplar e nós temos um trabalho de serviços prestados aqui. Eu como vice-líder do governo Queiroz estou participando e contamos com o apoio de uma grande ala da base do governo para fazer Roberto Liberato deputado estadual de Pernambuco e, sim, defensor de Caruaru, defendendo os interesses do deputado federal Wolney Queiroz”, disse Ricardo.

Por outro lado, Ricardo também ressaltou a importância de parlamentares eleitos pela Frente Popular que assumiram secretarias, como foi o caso de Laura Gomes e Raquel Lyra, as duas do PSB. “Se o governador dá o crédito para o deputado, é porque ele merece o credito e está trabalhando em prol da coletividade, exemplo da deputada licenciada Laura Gomes, que está fazendo um trabalho exemplar, e acredito que ela será reconduzida ao cargo na Assembleia Legislativa”, reforçou.

SE NÃO FOR ROBERTO, RICARDO DIZ QUE VAI

Crente no fortalecimento da legenda ao lado da base do governo em Caruaru, Ricardo respondeu até que poderia sair candidato, caso Roberto, por algum empecilho, não pudesse pleitear uma vaga na Assembleia Legislativa. “Sem dúvida, tenho as prerrogativas para isso, o endosso popular, que me fez vereador de Caruaru. Independente disso, estou trabalhando para fazer jus aos votos que tive, que foram 3.351 votos, hoje redobrados na população de Caruaru. Mas, eu espero que Roberto Liberato seja o meu deputado estadual”, completou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro