23 de novembro de 2015 às 21h19min - Por Mário Flávio

Mais um capítulo da tumultuada eleição da OAB em Caruaru. Terminou por volta de 18h a reunião da Comissão Eleitoral da OAB/Caruaru. Por unanimidade, os membros da Comissão decidiram acatar a solicitação da chapa Agora é Renovar e impugnaram a urna de votação manual. Além disso, os membros da Comissão decidiram ainda proclamar o resultado da eleição, apenas com os votos das urnas eletrônicas, com isso, o resultado da eleição muda e Felipe Sampaio será o vencedor do pleito.

A chapa do atual presidente Almério Abilio está reunida nesse momento e já decidiu que vai entrar com recurso. Apenas aguarda ser notificada sobre a situação, para apresentar defesa sobre o caso e confia que pode retomar o resultado original.

Sem os votos manuais, a situação é a seguinte: 1ª urna: Felipe Sampaio 207 votos e Almério Abílio 202; 2ª urna: Felipe Sampaio 225 votos e Almério Abílio 223. Com isso, Felipe fica com 432 votos contra 425 de Almério, uma diferença de apenas 7 votos.

URNA IMPUGNADA – A 3ª urna, física de voto manual, que foi impugnada pela Comissão da OAB, teve 45 sufrágios. Nesse contexto, o atual presidente, Almério Abílio, obteve vantagem e teve 29 votos, contra 16 de Sampaio. Com a soma de todas urnas, Almério leva vantagem de seis votos contra Felipe Sampaio. Segue abaixo o documento assinado pela Comissão eleitoral da OAB.

ENTENDA O CASO – A urna impugnada tinha 34 advogados aptos a votar, dos quais votaram 31 e 3 abstenções, Mas na abertura da urna, a comissão verificou 45 votantes, ou seja, 14 a mais do que o permitido. Desses 14 não aptos, segundo certidão emitida pela própria OAB-PE, pelo menos 3 deles ficaram adimplentes nos dias 22 e 23 de outubro. Ou seja, após o prazo permitido pelo provimento das eleições, 30 dias antes da eleição(20/10), o que segundo a OAB, é irregular.

Além disso, as cédulas constantes na urna extra, não estavam rubricadas pela mesa receptora, o que afasta a validade dos votos da urna em questão. Diante das evidências, a Comissão Eleitoral da OAB-PE declarou nulos todos os votos da urna extra.

   
 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro