26 de abril de 2018 às 13h00min - Por Mário Flávio

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, início a fala dela chamando o governador Paulo Câmara de Eduardo Campos e na sequência iniciou um discurso de cobrança ao socialista. Ela elogiou a construção da Adutora.

“Parabéns pela decisão da Adutora. Isso é importante para que Serro Azul vire uma realidade. No entanto, o Nordeste ainda é muito pouco visto pelo Governo Federal”, disse.

A tucana cobrou a criação de um Batalhão Exclusivo para a cidade. “Eu não poderia perder a oportunidade de falar sobre as necessidades de Caruaru. Falamos sempre em Pacto Federativo. Ano passado tivemos o Pernambuco em Ação e a principal questão era a segurança pública. Hoje, nós último trimestre houve a redução da criminalidade. Venho mais uma vez falar da necessidade de um Batalhão Exclusivo para Caruaru. Libere para que a situação melhore”, disse.

A prefeita disse ainda que aguarda a liberação do dinheiro do FEM. Ela que não citou no início da fala o ex-prefeito José Queiroz, aproveitou para dizer que não fez uma obra na cidade por causa do travamento do recurso e citou o ex-gestor.

“Estamos aguardando a liberação dos recursos para o FEM de 2015. Esse recurso ainda não foi liberado e isso gera um problema. O ex-prefeito José Queiroz diz que deixou o projeto e não tenho e verba para fazer”, disse.

Raquel ainda pediu a liberação de recursos para o Samu e pediu apoio para o São João.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro