1 de dezembro de 2015 às 07h37min - Por Mário Flávio

IMG_5421-0.jpg

O prefeito de Caruaru, José Queiroz, a secretária de Saúde, Aparecida Souza, o vice-prefeito Jorge Gomes, a secretária executiva Wedneide Almeida e o diretor de Vigilância em Saúde, Paulo Florêncio, ouviram atentamente, os anúncios feitos pelo governador Paulo Câmara e pelo Ministro da Saúde, Marcelo Castro, na tarde desta segunda, 30, em Gravatá, para combater o Aedes Aegypt, que transmite o Zica Virus, apontado como principal fator para os casos de microcefalia no Estado. O prefeito José Queiroz,

O governador Paulo Câmara anunciou um investimento de R$ 25 milhões para combater a doença. Desse total, R$ 5 milhões serão destinados aos municípios para compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Em Caruaru, 300 agentes de endemias trabalham no combate ao mosquito. De acordo com o prefeito José Queiroz, o município tem feito o dever de casa, mas precisa do apoio da população para abrir as residências e deixar os agentes realizarem o trabalho. “90% dos focos estão nas casas e no seu entorno. Estamos promovendo mutirões junto com o departamento de limpeza. O próximo será quarta-feira, 02, na Vila Canaã”, avisou o prefeito.

A secretária de Saúde, Aparecida Souza, lembrou que quando houve interrupção do repasse de larvicida pelo Ministério da Saúde para os municípios, a Prefeitura de Caruaru comprou o produto. “Utilizamos recursos próprios para não haver descontinuidade nas ações de combate”, disse.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro