23 de dezembro de 2011 às 13h26min - Por Mário Flávio

O prefeito Zé Queiroz saiu da retaguarda e finalmente falou sobre as recentes polêmicas declarações de governador em exercício, João Lyra. Em entrevista, hoje pela manhã ao programa Mesa Redonda, o pedetista confirmou o motivo de não ter ido a festa de confraternização, promovida no escritório político da secretária da Infância e Juventude e deputada licenciada, Raquel Lyra. “Tinha que fazer uma check up no médico e vinha adiando faz alguns meses, aproveitei a data e fui fazer os exames, a minha família já reclamava faz tempo e eu sempre adiando. Mas nao vamos ser hipócritas, ne? Não fui a festa porque não quis, após dois meses recebendo ataques de João, o nosso grupo avaliou que não era o momento de confraternizar, principalmente em respeito a simbologia do Natal”, disparou.

O prefeito ainda disse que é só paz e amor e que não existem tantos problema de ralacionamento com o PDT, Câmara e com o próprio João Lyra. “Eu só tenho que pensar na paz, a Frente Popular vai estar unida em 2012, não tenho problemas com Lícius e já reiterei por várias vezes e reafirmo: até o fim da minha vida, não brigo mais mais com João. No momento certo, todos nós estaremos juntos, é só uma questão de tempo”, ponderou o Chefe do Executivo.  

O prefeito disse que não briga mais com João. No entanto, o relacionamento entre ambos segue estremecido. Imagem: Paulo Roberto/BMF


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro