7 de janeiro de 2016 às 09h32min - Por Mário Flávio

zé

O prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), segue com uma estratégia interessante para a eleição de 2016. O atual chefe do Executivo mostra que mesmo fora da disputa age para garantir o apoio necessário para fazer o sucessor. Para isso, ele quer o PSB no palanque. Em todas as falas, Queiroz diz que vai decidir o nome do indicado após uma conversa com o governador Paulo Câmara (PSB).

O chefe do Executivo segue dando sinais que vai mesmo apoiar o nome de Jorge Gomes e isso pode garantir a ida do PSB para o palanque. A situação é simples. Queiroz vai mostrar ao socialista pesquisas de opinião com uma boa avaliação e que tem um “exército” para ir a campo pedir votos para o seu vice. A situação vai deixar o governador em posição desconfortável para negar legenda a Jorge.

Caso Paulo Câmara aceite a ideia de Queiroz, inviabiliza a candidatura de Raquel Lyra pelo PSB e a deputada teria que ir buscar outra legenda para pleitear o Palácio Jayme Nejaim. Os opositores apostam que a estratégia é certa, já que a tromba com os Lyra só aumenta a cada dia e o deputado estadual, Tony Gel (PMDB), tem evitado fazer críticas a atual gestão. Se a ideia de Queiroz vai vingar só o tempo vai dizer, mas a estratégia dele é de um bom jogador no quadro eleitoral.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro