19 de junho de 2012 às 22h24min - Por Mário Flávio

Não é só no Recife que o PT tem divergências. Em Caruaru, pelo menos nove candidatos a vereador irão brigar por três indicações do partido para concorrer a vagas na Casa Jornalista José Carlos Florêncio. Estào na disputa:  Herlón Cavalcanti, Rolnei Tosi, Wilon Dodson, Djair Vasconcelos, Geraldo da Caruaruense, Evandro do Salgado , Eduardo Guerra, Zezé e Zé Carlos Menezes. 

O Partido dos Trabalhadores vai coligar na proporcional com PRTB, PRB e PP. A coordenação da montagem da chapinha, que ficou sob os cuidados do radialista Davi Cardoso, já informou as três vagas destinadas a legenda. De acordo com a Legislação Eleitoral, a úniva vaga garantida é a de Zezé, única mulher na coligação. 

Pesam a favor de Herlón Cavalcanti o apoio de Rogério Meneses e a maioria no diretório. O diretor de Cultura, Djair Vasconcelos, garante que tem o apoio do Sindicato dos Professores. Eduardo Guerra conta com a simpatia do prefeito Zé Queiroz e do deputado federal Wolney Queiroz. O MST deve fechar com Wilon Dodson. Geraldo da Caruaruenses, Rolnei Tosi e Zezé correm por fora. 

A grande incógnita é a provável candidatura de Zé Carlos Menezes. O comentário nos bastidores da Câmara é que ele vai para a disputa a pedido do vice-governador, João Lyra. A intenção do vice seria o fortalecimento das bases. Caso não haja acordo, a decisão será da Executiva, com isso, podemos dizer que a candidatura de Herlón Cavalcanti é dada como certa. 

A convenção do PT provavelmente será na quarta-feira (28) na Câmara Municipal. 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro