12 de maio de 2014 às 09h55min - Por Mário Flávio

20140512-094317.jpg

Usando das prerrogativas que contém na Lei Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, que regula o acesso às informações dos serviços públicos, que a Executiva Municipal do PSDB de Caruaru irá protocolar na manhã desta segunda-feira, na Prefeitura de Caruaru, um requerimento solicitando ao Poder Executivo os gastos detalhados que envolvem a requalificação do canteiro central das Avenidas Agamenon Magalhães, Manoel de Freitas e Rio Branco.

“As informações oficiais que nos chegam, é de que inicialmente seria uma obra no valor de 3 milhões de reais, o que daria o valor de mil e quinhentos reais por metro, levando em conta que são dois quilômetros o percurso das três vias. Isso é o equivalente a construção de 150 casas populares. Se levarmos em conta o metro quadrado, comprimento e largura, da tal requalificação, fica inserido em um dos valores mais caros do país, considerando o atual mercado da construção civil”. Comentou Raffiê Dellon, presidente do partido.

Segundo o artigo 11 da Lei: “O órgão ou entidade pública deverá autorizar ou conceder o acesso imediato à informação disponível”. Não sendo possível conceder o acesso imediato, na forma disposta no caput, o órgão ou entidade que receber o pedido deverá, em prazo não superior a 20 dias dispor os dados. Os tucanos alegam que além do Executivo Municipal usar de arbitrariedade para vetar qualquer manifestação na principal avenida da cidade, também não houve transparência em nenhum momento do início das obras até agora.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro