30 de janeiro de 2013 às 06h55min - Por Mário Flávio

Enquanto os petistas comemoraram bastante e ovacionaram o discurso da presidenta Dilma Roussef (PT), a oposição segue criticando o teor do conteúdo do pronunciamento e os tucanos entraram com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitando que o Ministério Público Federal investigue um possível desvio de finalidade cometido pela presidenta durante pronunciamento executado em rede nacional de rádio e TV, no último dia 23. O deputado Carlos Sampaio (SP), líder eleito do PSDB na Câmara, protocolou a representação junto ao órgão que, nos próximos dias, decidirá pela abertura ou não de investigação.

“Nesse último pronunciamento houve uma evidente mudança no padrão. Nos pronunciamentos anteriores a presidente Dilma falava ao povo brasileiro e nesse ela fez uma clara antecipação da campanha eleitoral se valendo da estrutura do Estado”, destacou Sampaio. “Não é possível ela fazer campanha às custas do erário público”, acrescentou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro