19 de julho de 2013 às 11h26min - Por Mário Flávio

20130719-113134.jpg

Começou na manhã desta sexta-feira (19) no centro de Caruaru mais um protesto. Dessa vez o alvo não é a classe política, mas um fato inusitado. Cerca de 100 pessoas fecharam o cruzamento da rua 15 de Novembro. Os manifestantes pedem a liberdade provisória Benedito José dos Santos, que está preso na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, acusado de facilitar crimes nas saídas de bancos em Caruaru.

O detalhe é que o acusado teve a liberdade provisória negada, mas segundo os familiares, com isso a investigação segue prejudicada. Os manifestantes garantem que o mecânico responde injustamente pelo crime. Todos os que fecharam a rua são de São Caetano e vieram a Caruaru para chamar atenção das autoridades.

Perto de meio dia, com a chegada da Polícia Militar os manifestantes negociaram e aceitaram liberar o cruzamento entre as ruas Vigário Freire e 15 de Novembro. O protesto tinha o intuito de chamar atenção das autoridades para a prisão do mecânico Benedito José da Silva, que segundo os manifestantes, foi preso injustamente. Eles pedem o relaxamento da prisão e garantem que o mecânico não é o responsável por crimes nas saídas de agências bancárias de Caruaru.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro