15 de dezembro de 2017 às 10h41min - Por Mário Flávio

NOTA DE REPÚDIO

Mediante o Projeto de Lei enviado à Câmara Municipal de Caruaru para apreciação e aprovação em caráter de URGÊNCIA, que versa sobre a instituição do Programa de Educação Integral no Âmbito do Município de Caruaru e dá outras providências, nós, professores da Escola Municipal de Tempo Integral Professor Rubem de Lima Barros, vimos por meio desta, demonstrar nossa insatisfação e indignação com questões fundamentais da referida proposta: a gratificação, que para professores em regime de dedicação integral com jornada de 40 horas semanais é sugerido apenas 20% do piso salarial vigente, que totaliza o valor de R$459,76 (quatrocentos e cinquenta e nove reais e setenta e seis centavos); e a ausência de participação docente no processo de organização do Ensino Integral, algo que fere o princípio democrático pautado no diálogo. Nossa indignação com os valores apresentados não se trata de ganância, mas diz de uma necessidade de reconhecimento do trabalho executado no ambiente de educação integral, que exige do profissional, além da formação acadêmica, dedicação exclusiva.

Reforçamos que a proposta apresentada é inaceitável, pois implica uma exploração da força de trabalho do professor que, ao dobrar nossa carga horária, nos submete a uma jornada exaustiva por uma remuneração insuficiente e injusta para uma categoria já tão desvalorizada. Apesar das dificuldades estruturais enfrentadas pela nossa escola, nos orgulhamos dos frutos produzidos ao longo destes cinco anos de existência, os quais são dignos de menção, respeito e reconhecimento.

Nossa luta diária se constitui na busca por uma educação de qualidade pedagógica e social. Nos últimos anos, alcançamos os melhores indicadores de educação do município e da região agreste, a exemplo do SAEPE e IDEB, mesmo diante das faltas de recursos, de apoio e de condições favoráveis para o exercício de uma formação integral de nosso corpo discente.

Apresentamos uma contínua e elevada inserção de nossos alunos no IFPE e na Escola Técnica Estadual, premiações em concursos literários, excelente desempenho nos jogos escolares municipais e execução de todos os eventos propostos pela Secretaria de Educação do Município. Sempre acreditamos no desenvolvimento desta instituição, contribuindo com o nosso melhor e o nosso saber, acreditando na sua articulação com a sociedade e com a formação cidadã. Em face disso, cada palavra aqui escrita carrega o peso de nosso comprometimento político-pedagógico para com nossos alunos e valorização de nossa carreira docente.

Não seríamos nós, professores, que nos calaríamos. Como disse Sartre, em A República do Silêncio, “Porque nos tentavam constranger ao silêncio, cada palavra se tornava preciosa como uma declaração de princípios”. E é em nome da liberdade que não nos calaremos. Colocamo-nos a disposição da comunidade, da secretaria de educação e dos vereadores do município de Caruaru para, juntos, reformularmos o dito projeto em uma proposta de educação integral que pautada nos ideais de valorização humana e profissional e na formação integral e cidadã dos nossos estudantes. Caruaru, 14 de dezembro de 2017.

Professores da Escola Rubem de Lima Barros


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro