30 de outubro de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

Os professores da rede municipal de ensino fazem mais um ato junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco. De acordo com informações repassadas pela assessoria do Sismuc, os docentes irão cumprir compromisso firmado no último dia 23, com o Desembargador Eduardo Paurá, um grupo de professores vai ser recebido para discutir acerca da Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADI, promovida pelo sindicato no sentido de anular a sessão da Câmara de Vereadores de Caruaru ocorrida no dia 31 de janeiro do corrente, quando foi aprovada a nova versão do PCC da categoria.

Segundo o presidente do Sismuc, Eduardo Mendonça, a intenção é apresentar os prejuízos, que segundo ele, a categoria obteve com a aprovação do PCC. “Dentre outras aberrações, esse Plano de Cargos e Carreiras subtrai conquistas históricas da categoria, sendo como todos já sabem, a fonte geradora da grande polêmica e celeuma criada entre os professores da rede municipal de Caruaru e o chefe do executivo municipal”, disse Mendonça.

O ônibus sairá da sede do Sindicato às 8h.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro