25 de maio de 2015 às 08h16min - Por Mário Flávio

Do Jornal do Commercio

Os docentes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) votam em assembleia nesta segunda-feira (25), às 9h30, a deflagração da greve da categoria. A reunião acontece no auditório do Centro de Tecnologia e Geociência (CTG), no câmpus Recife da instituição de ensino, na Cidade Universitária, Zona Oeste da capital pernambucana. Caso seja aprovada, a paralisação começa na quinta-feira (28).

De acordo com o regimento da Associação de Docentes da UFPE (Adufepe), para que a greve seja deflagrada, é necessário que 10% dos associados (o que corresponde a 237 professores) estejam participando da assembleia. Destes, a maioria precisa ser favorável à paralisação das atividades. Durante essa semana, a Adufepe fez mobilizações nos câmpus Recife, Caruaru e Vitória para divulgar a pauta do sindicato.

Já a Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Aduferpe) vota a deflagração da greve às 14h30, no Espaço de Cultura e Lazer Arthur Lapa, em Dois Irmãos, Zona Norte do Recife.

Entre as reivindicações dos docentes federais, estão as condições de trabalho e reestruturação da carreira. A categoria também defende a defesa do caráter público da universidade, autonomia, valorização salarial de ativos e aposentados e retomada de negociações com o governo. Além disso, pedem a reversão dos cortes no orçamento e ampliação de investimento nas instituições.

O corte do orçamento do Ministério da Educação, anunciado na última sexta-feira (22), foi de R$ 9,423 bilhões. Na ocasião, o Ministério do Planejamento informou que o orçamento continuará com valor acima do mínimo estabelecido pela Constituição, de R$ 15,1 bilhões.

A data 28 de maio foi aprovada em reunião do setor das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) realizada no dia 16 de maio em Brasília. Vinte e cinco das 43 seções do Sindicato Nacional (Andes-SN) foram favoráveis à deflagração da greve a partir deste dia.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) e a federal do Pará (UFPA) já aprovaram o início da greve.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro