PRFs pernambucanos não descartam greve 

Mário Flávio - 18.12.2015 às 17:05h

  

Os policiais rodoviários federais seguem reclamando da falta de informação do Governo Federal sobre as ações de fortalecimento da PRF e não descartam a possibilidade de uma greve. Na manhã desta sexta-feira (18.12), o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais (SINPRF-PE) promoveu um ato público, durante o lançamento da Operação Rodovia. Diretores do Sindicato, literalmente, cruzaram os braços para a ação que acontece até o dia 14 de fevereiro em todo o país durante as festas de fim de ano, férias escolares e carnaval, período em que aumenta o fluxo de veículos e passageiros transitando pelas estradas.

Segundo o presidente do SINPRF-PE, a insatisfação na categoria é grande. “Os profissionais da PRF precisam continuar sendo eficientes em melhorar os índices para a sociedade não sofrer tanto com o aumento da criminalidade e dos números absurdos dos acidentes de trânsito. Fortalecer a PRF é valorizar a vida dos usuários das rodovias federais”, conclui ele. França está em Brasília (DF) há duas semanas e diz que o cenário atual é nebuloso. “Reuniões adiadas e efetivo indignado”, conta.