12 de julho de 2013 às 11h47min - Por Mário Flávio

20130712-121430.jpg

Ao longo do protesto dos mototaxistas na manhã desta sexta (12) no centro de Caruaru, os manifestantes decidiram ir até a frente da Câmara Municipal para cobrar da presidência da Casa uma resposta concreta sobre pontos levantados durante audiência pública realizada na Casa há mais de um mês. O presidente do Legislativo, Leonardo Chaves (PSD) foi até a fachada da sede e respondeu aos mototaxistas, no que se refere especificamente à isenção de alvará de circulação, repasse de moto e piloto-reserva.

“Nós nos propomos a isso, depende da Câmara e de disposição para alterar a lei, então esses dois pontos, piloto-reserva e autorização do repasse, considero justo e vamos discutir para alterar isso na legislação da Destra. Vamos reunir a bancada até terça, quando haverá o recesso, e daremos uma notícia aos mototaxistas sobre essas reivindicações. Terça pela manha os mototaxistas podem nos procurar”, explicou.

Já sobre a fiscalização da Autarquia, ele disse que cobrará explicações do órgão. “Se a Destra não está fazendo a fiscalização, temos o dever de cobrar uma promessa firmada com este Poder. Isenção, tudo que diz respeito a matéria financeira, a Câmara não tem responsabilidade, se o projeto vier do Executivo, determinando a isenção do Alvará, nós aprovaremos, acredito que com unanimidade”, acrescentou.

Da Câmara, os manifestantes se dirigiram até o Marco Zero e depois avisaram que iria para a Prefeitura de Caruaru.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro