10 de junho de 2021 às 18h21min - Por Mário Flávio

Nota oficial

A Prefeitura de Olinda vem, por meio deste, informar que em cumprimento à recomendação do Ministério Público Pernambuco, está impossibilitada de seguir com a vacinação dos profissionais de imprensa. Através de documento recebido nesta quinta-feira (10/06), o Ministério Público de Pernambuco recomenda que a Secretaria de Saúde e a Prefeitura de Olinda

“c) excluam imediatamente os grupos indevidamente incluídos no Plano Municipal de Vacinação, a exemplo do grupo de jornalistas e radialistas, das plataformas de agendamento de vacinas, bem como se abstenham de dar início ou continuidade à vacinação dos referidos grupos, sob pena de violação da legislação e dos atos normativos acima mencionados.”

Diante disso, mesmo considerando a categoria da imprensa como essencial e com grande exposição, em consequência do trabalho de cobertura da Pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Olinda suspende a vacinação dos jornalistas e radialistas em cumprimento à recomendação do MPPE.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro