10 de fevereiro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

Mototaxistas

Em Caruaru, uma parceria direcionada ao mototaxista tem o objetivo de facilitar o acesso a crédito e pode ser utilizada para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores- IPVA 2013. Atualmente, dois mil mototaxistas são regulamentados no município e podem ser beneficiados pelo CredAmigo, linha de crédito do Banco do Nordeste (BNB). A intenção é que os profissionais possam utilizar o dinheiro para adquirir equipamentos obrigatórios de segurança, pagar taxas de regulamentação, reparar e manter a moto.

A parceria entre a prefeitura e o Banco do Nordeste permite que o motoqueiro solicite valores entre R$ 100 e R$ 3 mil, parcelado em até 24 vezes, com juros de 0,64%, o que, de acordo com a prefeitura, está abaixo do valor praticado pelo mercado.

A linha de crédito foi implementada no município em 2011 e é direcionada a quem tem intenção de expandir sua micro ou pequena empresa. Até agora o CrediAmigo liberou para Caruaru R$ 49 milhões, para comerciantes, prestadores de serviços e industriais. A idéia de estender o programa para os motoqueiros partiu da Diretoria de Microcrédito da prefeitura em parceria com a Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte- Destra.

O prefeito Zé Queiroz (PDT) destaca que, com a regularização da profissão, os mototaxistas devem buscar melhorar o serviço prestado. “Essa é a oportunidade que eles têm de investir. Regulamentamos a profissão em 2011, encerrando uma luta de mais de 15 anos da categoria. Criamos regras para que os mototaxistas pudessem exercer seu trabalho com dignidade e ganhando o respeito da população”, afirmou Queiroz.

Para solicitar o financiamento, é necessário que o interessado se dirija ao Centro Administrativo- Diretoria de Microcrédito, na Avenida Rio Branco, n° 312- Centro. Os documentos necessários são: Identidade, CPF, comprovante de residência e o alvará de funcionamento com autorização da Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte- Destra.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro