30 de janeiro de 2017 às 07h07min - Por Mário Flávio

O prefeito de Flores, Marconi Santana (PSB), foi eleito nesta sexta-feira (27), em Afogados da Ingazeira, para presidente do Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú (Cimpajeú). Ele obteve 10 dos 17 votos possíveis. Seu adversário seria o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), que à última hora desistiu da disputa, absteve-se e deixou o local da votação.

Na véspera, Ferreira esteve como chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Antonio Figueira, em busca de apoio político, porém o secretário lavou as mãos porque o adversário também pertence ao PSB.

A chapa vitoriosa teve Marconi Santana como presidente, Sávio Torres (PTB), de Tuparetama, como vice-presidente e João Batista Rodrigues (PR), de Triunfo, como 1º secretário. A outra chapa tinha como vice-presidente o prefeito de Tabira, Sebastião Dias (PTB) e como 1º secretário o prefeito de Santa Terezinha Vaninho de Danda (PR).

Após a votação, o prefeito de Sertânia divulgou a seguinte nota:

“Fui chamado para ser candidato na última terça-feira, dia 24, pois alguns prefeitos estavam preocupados com a divisão do grupo. Fui colocado para tentar fazer uma composição com os demais. No entanto, não foi possível o consenso. Apesar de termos insistido nessa composição harmoniosa, agregando as duas chapas, não tivemos sucesso nesta negociação. A outra chapa não quis nenhum acordo, mesmo a gente tendo apelado por uma unidade do Consórcio na região. Nosso conjunto não se interessou em fazer confusão alguma, pelo contrário. A falta de abertura ao diálogo nos levou à abstenção”.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro